Projeto: SDisk II BR (v.1)



O que é o projeto SDisk II ?

O projeto SDisk II nasceu da necessidade de substituir os disquetes 5 1/4" utilizados na linha Apple II, que estão cada dia mais escassos, por um meio mais confiável e atual.

Dessa necessidade surgiu um emulador para a unidade de disquete Disk 2, chamado SDisk II, que emula as funcionalidades da unidade de disco do Apple II, com a utilização de um cartão de memória tipo SD para ler e gravar os dados.

A ideia inicial foi de Koichi Nishida, que em 2011 divulgou o projeto em seu site e acabou disponibilizando esta versão para a comunidade.

Aqui no Brasil, a versão do Nishida foi analisada na lista AppleII-BR também em 2011. Algumas melhorias foram feitas por Victor Trucco e Fábio Belavenuto resultando na primeira versão brasileira, que foi apelidada de SDisk II BR (v.1).

A duas principais melhorias foram a troca do cristal oscilador por outro mais veloz e a colocação de um resistor para liberar os sinais durante a troca do cartão SD.

À seguir, segue a avaliação do projeto da SDisk II BR (v.1).

SDisk II BR (v.1.0)
SDisk II BR (frente)
A versão brasileira é identica à imagem ao lado, lote que foi fabricado por Victor Trucco. No conector de pinos vai um flat- cable que sai da contorladora Disk II, e já fornece todos os sinais e energia para a SDisk II trabalhar. Há também um botão que faz a troca da imagem em utilização. Olhando a plaquinha nesta posição, a numeração do conector, o pino número 1 é o da esquerda.
SDisk II BR (v.1.0)
SDisk II BR (verso)
No outro lado da SDisk II, vai conectado um cartão SD em um conector próprio para ele. Desta forma, é possível selecionar uma imagem de disco para trabalhar. Nesta versão, o tamanho máximo do cartão fica limitado à 2Gb, com formatação em FAT-16 e clusters (blocos) de 64Kb, o que diminui a chance de incompatibilidade.


A utilização

A utilização da SDisk II é simples, bastando formatar o cartão SD no formato FAT-16 com setores de 64Kb e copiar as imagens de disco a serem utilizadas.

Após ligar o Apple II, a SDisk II efetua a leitura do cartão SD e seleciona a última imagem utilizada. Se for a primeira utilização do cartão é selecionada a primeira imagem gravada.

Para mudar a imagem, basta pressionar o botão na SDisk II. Ao pressionar o botão, será selecionada sempre a próxima imagem disponível ou voltar à primeira, no cartão SD.

É útil em programas e jogos que possuem mais de um disco, como por exemplo o jogo Conan ou o software TotalWorks.


A emulação

Para entender como funciona a emulação na SDisk II, vou separar a explicação em duas partes:
- A controladora Disk II
- O cartão SD.

- A emulação do lado da controladora funciona com a intercepção dos comandos para o drive. Estes comandos incluem rotação do disco, tempo de acesso, tempo de espera, leitura e gravação de setores e bytes.

- Já a emulação do lado do cartão SD funciona acessando o arquivo que contém a cópia de um disquete real (com capacidade de 143Kb) e, de acordo com os comandos interceptados, realiza as operações de leitura e escrita. Desta forma, a SDisk II consegue trabalhar com as imagens de disquete.

Para melhorar a o tempo de acesso, o Nishida desenvolveu uma formatação de arquivo para a emulação com a extensão .NIC, bastando execucar um conversor de DSK para NIC (dsk2nic.exe).

Existe o inverso que transforma o arquivo .NIC em arquivo .DSK (nic2dsk.exe) para uso em emuladores ou outros dispositivos que utilizam o formato .DSK.


Recomendações

No site do Nishida ele comenta que foram realizados testes em cartões SD, mas deixa claro que poderão ocorrer algumas incompatibilidades.

Quem também testou a SDisk II, foi o Mauro Xavier (Casa dos Nerds), utlizando diversos cartões SD de várias capacidades, afim de validar as dicas do Nishida. A formatação do cartão SD deve ser FAT-16 com 64Kb de alocação além de não utilizar "formatação rápida", conforme recomendação do Victor Trucco. Nos cartões SD atuais (maiores de 2Gb e com padrão SDHC) não vai funcionar, pois a SDisk II fica instável. Dê preferência em utilizar cartões mais antigos (abaixo de 2Gb).

No site do Nishida ele recomenda cartões SD entre 32Mb a 2Gb, ao qual afirma ter testado os seguintes modelos:
- KingMax 2G
- PQ1 2G
- Kingston 2G
- Transcend 2G (standard SD)
- KingMax 1G
- Hagiwara 1G
- Kingston 2G
- Toshiba 2G
- SanDisk 2G
- Team 1G
- A DATA 2G
- PNY 2G (microSD)
- Toshiba 64M
- Panasonic 32M (miniSD)


Boa diversão !!!



Referências

Victor Trucco : http://www.victortrucco.com/
Fábio Belavenuto : http://www.fabio.belavenuto.nom.br/
Mauro Xavier : http://www.casadosnerds.com.br/
Koichi Nishida : http://tulip-house.ddo.jp/digital/SDISK2V1/english.html

#286270